2-) ISLÂNDIA – roteiro de 2 dias em Reykjavík.

Conforme prometido, aqui vai o roteiro de 2 dias que fizemos em Reykjavík ou Reiquiavique (português), a capital da ISLÂNDIA, e como esse blog também é cultura, informamos que é a Capital mais setentrional do mundo.

Nosso voo chegou no Aeroporto Internacional de Keflavik a 1:45 da manhã . Esse é o maior aeroporto da Islândia, e está localizado, aproximadamente a 50 km de Reykjavík.

Como só pegaríamos a campervam dois dias depois, reservamos um ”transfer” para Reykjavík pela Reykjavik Excursions (www.re.is).

Se você não for alugar um carro no aeroporto, vale a pena contratar esse serviço. O transporte público até a cidade é ruim, ainda mais se você chegar de madrugada. O preço do transfer é justo (aproximadamente $30,00), o atendimento da empresa é bem legal e pontual e tem a opção de deixar na porta do hotel.

20170613_212118
E assim fomos recebidas…..

 

1º Dia – Reykjavik + Hallgrímskirkja e Blue Lagoon:

Acordamos às 10 horas e saímos para passear na cidade. Nosso hostel era localizado na Rua Laugavegur, a principal rua da cidade, cheia de lojas de roupas locais, supermercados, casas de câmbio, centros de informações turísticas e restaurantes.

20170614_083651
Rua Laugavegur

Estávamos em busca de uma casa de cambio e não demoramos a achar, alguns centros de informações turísticas tem esse serviço.

20170614_090401

Caminhamos pelo centro e pelas ruas paralelas, encontramos um coral de crianças se apresentado no meio da rua (LINDINHOS), observamos uma exposição de fotografia ao ar livre, tomamos um chocolate quente com um torta de NUTELLA (simplesmente sensacional) e subimos ruma a Igreja Hallgrímskirkja.

 

A Igreja Hallgrímskirkja é uma igreja luterana (não tem nenhuma imagem lá dentro), com 74,5 metros de altura (a maior de Islândia), a sua torre apresenta uma vista incrível da cidade. Não é cobrado nenhum valor pela visitação, apenas para subir na torre (9 €). Em minha opinião é um passeio OBRIGATÓRIO.

20170614_093341
Igreja Hallgrímskirkja

 

 

Ah, a BLUE LAGOON!!!

A blue lagoon é um SPA geotermal, localizado em um campo de lava em Reykjanes. A paisagem de fora do SPA já é maravilhosa, lá dentro então…EU ADOREI..

Li relatos dizendo que ela não era tudo isso e que era uma atração que poderia “passar”…

NÃO CONCORDO, pois é considerada a atração mais visitada na Islândia (não vejo como você ir para um local que tem como a atração mais visitada um local específico e não ir), tem uma beleza intrigante (nunca tinha visto aquela cor de água), a água tem propriedades medicinais e é muito relaxante…

Porém…nem tudo são flores, o valor cobrado pela visita é alto $$$. A empresa oferece vários tipos de pacotes e a reserva deve ser feita antecipadamente pelo site (www.bluelagoon.com).  Nos optamos pelo pacote COMFORT com a opção do transporte.

 

DICAS:

– chegue um pouco antes para fazer um “mini-tour” no campo de lava localizado do lado de fora do complexo;

– Verifique a opção de horários e preços… dependendo da hora o valor é mais barato.

– Se for no Verão, reserve para 20 hrs ou mais. Você aproveita a cidade durante o dia, sai do SPA bem tarde e terá o sono dos Deuses.

– Para quem tem poucos dias na cidade, visitar a blue lagoon antes do voo é uma ótima opção. É muito próximo ao aeroporto e no momento da reserva eles tem a opção de transporte.

– Não deixe de ir….

2º Dia – Reykjavík – Harpa Reykjavik Concert Hall and Conference Centre – Solfar (Sun Voyager) Sculpture.

Iniciamos nosso Segundo dia com “walking tour”.

Primeira parada foi o Solfar (viajante solar), uma escultura de aço, criada por Jón Gunnar Árnason (artista islandês) que representa um barco em uma viagem até o sol (infelizmente o dia estava muito nublado e as fotos não ficaram boas).

20170615_094227.jpg
Solfar

Continuamos caminhando beira mar sentido Harpa, a caminhada é tranquila, nada é muito longe, só que o vento castiga e nesse dia a chuva também não deu trégua, mas a paisagem é incrível, tem uma série de montanhas bem ao fundo.

Tem uma lojinha com vários itens de decoração, eu adorei os que tinham design escandinavo (nunca tinha visto), mas absurdamente caros, se você gosta vale a pena conferir (me apaixonei por uma luminária).

Nos não fizemos o tour guiado, nem conseguimos entrar nas salas de concerto e nem no bar, pois estava tendo um evento fechado que impossibilitava a entrada de visitantes. (ficamos muito bravas com isso).

20170615_095007.jpg

Ainda estávamos em dúvida se iríamos ou não fazer o passeio das baleias “Whale Watching”, tínhamos conversado com um casal que se arrependeu, por não ter visto nenhum animal.

Eu e Clara conversamos e decidimos fazer o passeio no último horário (20:00), assim, no caso de não ver os animais, pelo menos navegaríamos sob o sol da meia noite. Então compramos o passeio.

Sobre observar as baleias….Papai do céu foi muito bom com a gente!!!

Uma amiga já havia nos dito que deveríamos ir no barco pequeno, mas não conseguimos vagas, então fomos num de porte médio pela empresa Elding (www.elding.is).

Navegamos  cerca de 1 hora, o passeio é divertido, a vista de Reykjavík é LINDA… o barco tem bar, música ao vivo e até wi-fi.

Ao chegarmos no ponto de observação, ficamos parados 30 minutos e NADA… o frio era intenso, o sol da meia noite lindo, os pássaros se aproximavam do barco…mas NADA DE BALEIAS, até que avistamos uma muito distante, por estarmos no barco médio, quando chegamos perto não tinha mais nada (o barco pequeno é bem mais veloz).

Paramos de novo e a primeira apareceu… muito tímida, levantou um pouco, estava bem coladinha ao barco, esguichou água e foi embora. Era uma Jubarte, eu quase morri, pois sou apaixonada por elas (mais do que a Orca), nem deu tempo de fotografar eu quase chorei de emoção.

Logo depois mais uma apareceu, não ficou muito próxima ao nosso barco, mas deu para sentir a emoção de vê-la bem  perto.

Sobre o passeio, não nos arrependemos nenhum um pouco…valeu cada centavo, mesmo que não tivéssemos visto nenhum animal o passeio já vale a pena.

 

E assim terminamos o nosso roteiro em Reykjavík, o próximo post já vai contar sobre o primeiro dia da aventura com a “Camper”.

Espero que estejam gostando…

Se tiverem qualquer dúvida, estou à disposição….

bjs…

Loret

5 comentários em “2-) ISLÂNDIA – roteiro de 2 dias em Reykjavík.

    1. Olá!!!
      Os voos do Brasil para lá são bem caros e no tempo que procurei bao achei nenhuma promoção (em média R$ 3.800,00).
      Nos conseguimos ir para Madrid e de la para Islândia por R$ 2.800,00. Só que os voos não foram comprados juntos.
      Acho que parando em outro cidade vale mais a pena.
      Estou a disposição para qq dúvida! E vá para Islândia é muito bonita. Essa semana farei o relato do meu primeiro dia de viagem pela Road 1, não deixe de ver!!!
      Bjs…

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s