3 -) ISLÂNDIA – road trip – de Campervan do Golden Circle até Vík – 1º dia.

Oi pessoal,

Tudo bem no final de semana? Preparei um monte de coisas legais para vocês.

Agora, vou contar um pouquinho do roteiro que fizemos de carro pela ISLÂNDIA.

Na elaboração de um roteiro diário deve-se levar em consideração a previsão do tempo, os lugares preferidos, a distância de um lugar para ou outro, o cansaço, a disposição e os recursos financeiros. Acho que isso o básico.

Esse foi o roteiro do nosso primeiro dia. Deu super certo. Fica aqui como sugestão:

DIA 3 – 16.06.2017 km
Reykjavík 0,0
Parque Thingvellir 40,0
Vale Geotérmico Haukadalur 60,0
Gulffoss falls? 9,7
Seljalandsfoss 117,0
Gljúfrabúi e Skógafoss 29,3
Dyrhólaey 27,7
VIK 18,9
Total 302,6

Em Reykjavík não alugamos o carro, pois não ia compensar.

Fomos retirar a “Camper” no escritório da empresa. Aqui cometemos nosso primeiro erro. Anotei o endereço errado da locadora, como não achamos, paramos no centro de atendimento ao turista que prontamente chamaram o táxi.

Qualquer problema que tiver é só ir ao centro de atendimento ao turista eles são ótimos e tem um a cada esquina.

Chegando na locadora, retiramos a “camper”. A funcionária explicou tudo direitinho, como utilizar o sistema de aquecimento, fogão, geladeira e tudo mais.

Retornamos ao hotel, tomamos um banho (nem todos os campings tem chuveiro), passamos no supermercado e seguimos viagem.

Optamos por fazer o percurso no sentido anti-horário por dois motivos: Os locais ficam menos lotados, e também, porque no dia do solstício de verão, queríamos estar no Norte da ilha ouvi dizer que a visibilidade era melhor – E foi!

Partimos rumo ao Golden Circle, pela a rodovia nacional IS-1, também conhecida como Ring Road.

O Golden Circle é um circuito turístico com  300 km de extensão , tem como atrações Þingvellir National Park ou Parque Thingvellir, Vale Geotérmico Haukadalur e Gullfoss Falls.

 

Þingvellir National Park ou Parque Thingvellir (tradução planícies do parlamento).

Eu poderia escrever um livro sobre o local, mas ficaria chato, então vou falar um pouco sobre o que achei relevante.

O lugar tem uma beleza ímpar. E se você ama História e Geografia, como eu, é PARADA OBRIGATÓRIA.

O Þingvellir National Park  abriga o parlamento mais antigo da história da humanidade, por isso faz parte do patrimônio cultural dos islandeses. Foi neste parque, em 1944, que a Islândia proclamou sua Independência do Reino da Dinamarca.

Em 2004, o Parque Thingvellir  foi declarado patrimônio mundial pela UNESCO, devido à sua importância histórica e suas características tectônicas (fica localizado entre as placas continentais da América e da Eurásia) e vulcânicas.

20170616_09432620170616_10215220170616_102905

20170616_102926
Parlamento

20170616_103534

Para quem não sabe ou não lembra, a placa tectônica é uma porção da litosfera limitada por zonas de convergência, zonas de subducção e zonas conservativas. Loret também é cultura!!! Mentira…consultei na Wikipédia – segue o link (https://pt.wikipedia.org/wiki/Placa_tect%C3%B3nica).

Por sua localização privilegiada, o parque abriga a famosa fissura de Silfra (resultado da separação das placas). O rio Silfra é formado pela água derretida da geleira Langjökull, localizada à 50 km do lago Þingvellir. A água atravessa os campos de lava por 30 anos antes de chegar ao rio Silfra. Esse processo de filtração faz com que a água do rio seja considerada a mais pura do mundo.

20170616_105933.jpg

É possível fazer um mergulho entre as duas placas tectônicas (fissura de Silfra) – o valor é bem salgado ($ 700,00) e a água é muito gelada, mas se você curte…Vá em frente.

20170616_110032
Ponto inicial de mergulho

20170616_104321

De uma passadinha no centro de visitantes, há vídeos explicativos que são bem legais, didáticos sobre a formação do Þingvellir National Park ou Parque Thingvellir.

Vale Geotérmico Haukadalur:

Local muito legal, mas é bem “fedidinho”. Nesse vale, ficam localizados o geysers, que são nascentes termais que tem erupções periódicas de água quente e vapor. Quanta Cultura, né?

20170616_123453

Esse local habita o “Geyser” que deu nome aos geysers…Como pode isso?

É o seguinte, o nome “gêiser” deriva de Geysir (fonte jorrante), nome da maior nascente eruptiva do vale e que deu origem à “generalização” desse nome pelo mundo”. Hoje em dia ele encontra-se em repouso (morreu).

20170616_123942

 

No entanto, o “primo próximo”  Strokkur, que é um pouco menor (seus jatos tem de 20 a 40 metros a cada 8 a 10 minutos, com temperaturas entre 80 e 100º C), faz as vezes , e assim, nós conseguimos ver o tão falado fenômeno.

20170616_124042

 

Gullfoss Falls

Por fim a Gullfoss Falls, que não requer maiores esclarecimentos….as fotos falam por si!

 

 

Seguindo viagem, próxima parada…

Encontramos um casal  que nos disse: “Depois do Golden Circle vocês vão ver uma Islândia totalmente diferente”.  E eu, que não levei muita fé, vou contar para vocês…:sim é totalmente diferente!!!

Próximas paradas:

 Seljalandsfoss: 

Imponente, com os seus 60 metros de altura, e uma das cachoeiras mais belas que já vi na vida. Tem a possibilidade de entrar atrás da queda d’ água, o que não conseguimos fazer, porque a chuva e o vento não deixaram. Ao chegar perto da escada, nem a minha super jaqueta deu conta do volume de água.

20170616_16182020170616_162036

 

 

Skógafoss

20170616_170522_001

É uma das maiores cachoeiras da Islândia. O que mais gostei nela foi a escadinha que permite você chegar ao topo. A subida até que é pesadinha, mas não dá para deixar de fazer…

20170616_171557.jpg

20170616_134130.jpg

20170616_170652.jpg

Seguimos para Dyrhólaey, mas essa atração tem horário de funcionamento, quando chegamos já estava fechada, mas a paisagem até chegar lá já valeu o passeio.

E por fim…chegamos ao nosso último destino do dia – VIK.

Vík í Mýrdal é uma pequena localidade do sul da Islândia, na região de Suðurland. Está situada entre o mar e o glaciar de Mýrdalsjökull, na proximidade do vulcão Katla.

Quando chegamos na praia  de Reynisfjara, achamos meio assustadora, sua areia é muito preta, a chuva e tempo nublado, fazia nos sentir em um filme de terror. No dia seguinte quando acordamos, o tempo estava bem melhor, e ela tem uma beleza peculiar.

IMG-20170717-WA0016
Reynisfjara
20170616_190216
Reynisfjara

Nesse dia nos hospedamos num camping que conseguimos pelo GPS, Càmping Vik, ele era muito simples, mas os banheiros eram bem limpos. Estava lotado e por conta da chuva foi difícil arrumar um lugar na área fechada (para cozinhar), mas valeu a pena estávamos cansadas e precisávamos de um lugar para dormir…

IMG-20170717-WA0017
Jantinha!!!!

Espero que tenham gostado,

Até mais

Bjs

Loret

Consultas:

https://pt.wikipedia.org/

WWW.fotoviajar.com

http://www.thingvellir.is/english.aspx

http://pegadasnaestrada.com.br/islandia-dicas-para-comecar-a-planejar/

http://www.nerdsviajantes.com/2016/05/16/islandia-como-organizar-viagem-campervan/

 

Um comentário em “3 -) ISLÂNDIA – road trip – de Campervan do Golden Circle até Vík – 1º dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s